Arquivo mensal: maio 2011

Voice (2011) – Hiromi

Padrão

1.Voice
2.Flashback
3.Now or never
4.Temptation
5.Labyrinth
6.Desire
7.Haze
8.Delusion
9.Beethoven’s piano sonata no. 8 (Pathetique)

Quem não conhece essa pianista japonesa irá se surpreender. Ela toca muito! Junto com o baixista Anthony Jackson  e o bateirista Simon Phillips, Hiromi Uehara gravou Voice, lançado em 2011. A idéia do disco é expressar as emoções humanas sem o auxílio de letra alguma. “Quando toco música, eu percebo que isso realmente filtra as emoções”, comenta Hiromi. “Eu chamei esse album de ‘Voice’ (voz em ingles)porque eu acredito que as vozes das pessoas são expressadas pelas emoções. Não é aquilo que você fala. Mas aquilo que tem no coração. Talvez alguma coisa ainda a ser dita. Quem sabe nunca diga. Mas é sua verdadeira voz”.  Dito isto, só resta ouvir… e vale a pena, vale muito a pena!

Download: Clique aqui

Anúncios

O Medo Global

Padrão

Os que trabalham têm medo de perder o trabalho.
Os que não trabalham têm medo de nunca encontrar trabalho.
Quem não tem medo da fome, tem medo da comida.
Os automobilistas têm medo de caminhar e os pedestres têm medo de ser atropelados.
A democracia tem medo de recordar e a linguagem tem medo de dizer.
Os civis têm medo dos militares, os militares têm medo da falta de armas.
É o tempo do medo.
Medo da mulher à violência do homem e medo do homem à mulher sem medo.

(Eduardo Galeano)

Lifeboats and Follies (2011) – Tommy Guerrero

Padrão

1.Yerba Buena Bump
2.Cut The Reins
3.March Of The Masses
4.The Same Confusion And Hope
5.Bullfights On Broadway
6.Que S’est- Il Passe
7.The Last Maverick
8.Puesta Del Sol
9.On The West
10.Red For Green
11.The Lonely And The Only
12.Nomadic Static
13.6 Feet For 6 Figures

“Lifeboats and Follies” é o mais recente álbum de Tommy Guerrero e conta com a participação de Money Mark, Fredo Ortiz e Marc Capelle. O disco parece ser uma trilha cinematográfica bastante inspirada, tem uma sonoridade simples, rica com muita originalidade. Uma viagem em meio trompetes, escaletas, flautas, congas, batera, guitarra, baixo. Os ouvidos agradecem!

Download: Clique Aqui

Padrão

“A manipulação e a utilização sectária da informação deformam a opinião pública e anulam a capacidade do cidadão para decidir livre e responsavelmente. Se a informação e a propaganda são armas de enorme eficácia nas mãos dos regimes totalitários, também não deixam de o ser nos sistemas democráticos; quem domina a informação, domina de certa forma a cultura, a ideologia e, portanto, também controla em grande medida a sociedade.”  

 (Noam Chomsky)