Os discos brasileiros de 2012

Padrão

A música brasileira está num momento muito fértil a um tempo. Maior democratização dos meios de comunicação, melhor facilidade de se fazer registros e mais acesso à músicas feitas pelo mundo, garantem produções com muita qualidade e isso se reflete também na música instrumental, fazendo bandas de diferentes gêneros e de distintas partes do Brasil mostrarem o que tem produzido
Como no fim de ano surgem várias listas com os melhores, resolvemos apenas listar em ordem cronológica (de postagem) os discos brasilerios que passaram pelo blogue e foram lançados no ano que o mundo não acabou.
Nossos parabéns a todos os artistas, técnicos e produtores que participaram de tão belas produções!
Segue a lista:

Mental Surf – Psilosamples
psilosamples-mental_surf

Último registro do mineiro Zé Rolê, vulgo Psilosamples, que teve um ano fantástico, tocando inclusive no Festival Sonar, em Barcelona.
Mental Surf é música eletrônica brasileira na veia!! Discão!!
Ouça!

Ytcha – Mama Gumbo
2012 - YTCHA

Lançado no início do ano, o quinto disco da carreira da banda paulistana Mama Gumbo é o mais maduro da carreria de quase 10 anos da banda.
Ytcha tem as experimentações do primeiro disco da banda de 2004, só que com as ideias mais claras. Mistura enérgica de afrobeat, funk e música latina, um dos melhores de 2012!
Ouça!

Mocumentário – Fóssil

EsmeraldaUm dos discos que mais visualizações alcançou esse ano, Mocumentário, terceiro disco dos cearenses radicados em São Paulo do Fóssil, trouxe algumas inovações a seu lançamento. Cada música teve um vídeo como referência, e em alguns temas, foram colocados poesias. Bela mistura!
Em Mocumetário, a banda misturou ao rock já produzido por toda sua carreria, algumas experimentações de ritmos mais brasileiros, além de timbres que conversaram muito bem entre guitarras e sintetizadores.
Ouça!

Etópia – Sambanzo

capa

Sambanzo é um projeto de um dos músicos que mais se destacou e tocou no ano de 2012. O saxofonista Thiago França, junto com vários de seus parceiros inseparáveis, lançou no início do ano o disco Etiópia, segundo da carreria do projeto, e que trouxe uma mistura enérgica entre música africana e temas que parecem pura improvisação.
Esse post inaugurou no blogue uma nova fase, já que junto ao disco, fizemos uma bela entrevista com o músico.
Ouça!

3 Vezes Grande – Marco Nalesso e a Fundação

CAPA

Marco Nalesso e a Fundação, são de Santo André, região metropoliatana de São Paulo, e em Três Vezes Grande, fizeram temas que vão do funk e soul norte americano, ao samba e baião brasileiro. Música negra na alma!
Ouça!

Às Margens do Rio Doce – Ska Maria Pastora

1 Capa

Os pernambucanos do Ska Maria Pastora, banda formada em 2008, lançaram esse ano Às Margens do Rio Doce, disco cheio de suíngue e recheados de temas que tem o ska como norte, mas que passeiam muito bem pela música jamaicana, fazendo-a travar um belo diálogo com a música brasileira e nordestina.
Ouça!

Evento Horizonte – Ubella Preta

C

Os paraibanos do Ubella Preta, lançaram o segundo registro da carreira, depois do interessante EP Água de Jamaica, lançado em 2010.
O amadurecimento da banda é visível nas músicas. Os elementos da música africana, já presentes anteriormente, em Evento Horizonte ganharam mais corpo e  foram explorados pelas experimentações do grupo. Belo disco!
Ouça!

EP – Mutus

cover

Os santitas do Mutus lançaram esse belo disco, e primeiro registro, no segundo semestre. Gravaram ele ao vivo, baseados no improviso e mostrando uma da características de um genuíno power trio: a intensidade. Os temas do EP passeiam pelo rock setentista e são uma bela mostra do que ainda está por vir.
Ouça!

LP – Elma

PrintLançado em forma de LP, o terceiro registro e primeiro disco dos paulistanos do ELMA, que esse ano completou 10 anos de carreira, figurou em algumas listas de melhores do ano. É mesmo um belo trabalho que fundiu o metal à música moderna, muitas vezes concreta, e  retirou do gênero mais pesado do rock, a característica de ser muito fechado.
Ouça!

2 – MarginalS

CD.MarginalS.SóCapa-P

Chamdo simplesmente de 2, o segundo disco do trio MarginalS, formado por Thiago França, Anthony Gordin e Macelo Cabral é música livre em essência! Como no primeiro registro, lançado ano passado, entraram em estúdio e apertaram rec. Improvisação foda na veia e certeza de nunca mais ouvirmos esses temas.
Ouça!

Worm Love – Chine Cookie Poets

cover

Mais um disco ótimo de 2012. Os cariocas do Chinese Cookie Poets, assim como o MarginalS, também trabalham com a música livre. Pra Worn Love, entaram no estúdio e fizeram uma sessão de 4o minutos, de onde extraíram o material pro disco. Trabalho muito interessante com loops e timbres. Também rolou entrevista com os caras.
Ouça!

This Is Rolê – Macaco Bong

Capa

Terceiro registro do power trio cuiabano Macaco Bong, o disco This Is Rolê, mostrou outro caminho pra música dos caras, se aproximando em algumas ocasiões da música pop. Os belos temas da guitarra de Bruno Kayapy continuam ali, porém, mais maduros e vivos que nunca.
Ouça!

Bailando com a Senorita B – Dharma Samu

2012 - BAILANDO COM SEÑORITA B

Um dos cabeças do Mama Gumbo, o músico e produtor Alex Cruz, sobre a alcunha de Dharma Samu  fez essas músicas pra um espetáculo de dança. O espetáculo não saiu do papel, mas as músicas viraram um disco. Bailando com a Senorita B, foi um dos lançamentos mais interessantes do ano, e quase todos os instrumentos do álbum foram gravados pelo músico.
Entrevista também!
Ouça!

Mils Crianças – Hurmold

folder

Mesmo com o ano quase acabando, deu tempo de ouvir essa pérola. O quinto disco da carreira do Hurtmold,o tal Mils Crianças demorou 5 anos pra sair e trouxe um novo momento pra banda. As músicas estão mais curtas e bem resolvidas e mostram o amadurecimento da banda, que nesses 5 anos tocou com algumas feras da música e maturou as ideias e experiências pro álbum.
Ouça!

Bom, esses foram os discos brasileiros lancados em 2012 e que foram disponibilizados aqui no blogue. Esperamos que curtam e passem pros amigos.
Aguardemos 2013 com afinco, pois promete e muito para música instrumental.

»

  1. Pingback: Retrospectiva 2012 « Boca Fechada

  2. Pingback: Sinewave - SINEWAVE Nas Listas De Melhores De 2012 – Boca Fechada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s