Instrumental (1985) – Almir Sater

Padrão

1. Corumbá
2. Minas Gerais
3. Vinheta do Capeta
4. Luzeiro
5. Benzinho
6. Rio de Lágrimas
7. Na Piratinnga: de Jeep
8. Doma
9. Viola de Buriti
10. …É de Minas prá Riba
A
Primeiro disco instrumental de Almir Sater, tocando sua viola com uma galera de peso:
Alzira Espíndola: violão de 12 cordas
André Gomes: Cítara
Capenga: violão
Carlão de Souza: violão de 12 cordas
Guilherme Rondon: violão
Papete: percussão e bateria Simmons
Tavinho Moura : violão
Zé Gomes: violino

Neste trabalho temos a recriação de um dos clássicos do sertão – “Rio de Lágrimas” (Tião Carreiro – Lorival dos Santos – Piraci) e músicas dos próprio Almir – músicas bem trabalhadas, com belos solos, misturando alguns gêneros regionais como cururus, maxixes, chamamés, arrasta-pés com sonoridades urbanas, até usando bateria eletrônica. Um belíssimo trabalho, inovador! Confira!

Anúncios

Uma resposta »

  1. Pingback: Retrospectiva 2012 « Boca Fechada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s