MarginalS (2011)

Padrão

Disco ou sessão? Álbum ou improviso?
As músicas e o “álbum”, assim como o disco não eram pra ter nome. Nem sei se precisam. Muitas vezes, e esse caso é um deles, o(s) nome(s) é(são) irrelevante(s), apesar de ter relação total com a trajetória dos 3 músicos que fazem parte desse projeto. Marcelo Cabral (baixo acústico), Thiago França (sax, flauta, EWI) e Anthony Gordin (bateria) trazem mais uma pitada do que a música instrumental feita atualmente no Brasil tem a oferecer.

Livre de rótulos e ritmos, as faixas do disco soam e são uma sessão magistral de improviso desse trio muito experiente da cena musical paulistana. Viajando por diversas paisagens sonoras: do caos ao sublime, do jazz ao rock; o experimentalismo proposto pelos 3 músicos por vezes soa pesado, em outras é de uma finesse que te desprende da própria música.

É possível que essa sessão com músicas com nomes insólitos e explicativos, captadas no Estúdio El Rocha, sejam novamente executadas.

Pra baixar o disco e ouvir os improvisos do MarginalS, clique aqui:

Anúncios

»

  1. Pingback: Metá-Metá (2011) – Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França « Música Prafins

  2. Pingback: Passo Torto (2011) – Kiko Dinucci, Rômulo Fróes, Rodrigo Campos e Marcelo Cabral « Música Prafins

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s